RUTE PARANHOS

Há pessoas que são generosas por natureza e por formação. É este o caso da Rute Paranhos, que ao matricular-se no CEMUS, trouxe à tiracolo, a sua sobrinha Aline, que acompanhou-a em seus primeiros 18 meses de estudo. Mas a Rute tem uma outra qualidade ainda mais importante prá quem quer vencer na vida. A capacidade de lutar pelo que quer, mesmo diante de obstáculos. Refiro-me ao fato d’ela ter tomado aula durante quase 18 meses no primeiro horário aos sábados, mesmo morando em Cajamar, vencendo os principais obstáculos: o cansaço e a distância. Ela persistiu e teve a recompensa nesta edição do Musicemus, sagrando-se vencedora em primeirissimo lugar em acúmulo de notas ao longo do ano. No espetáculo, cantou a difícil Teu Perdão (Daniela Araújo). Ela cursa Violão Popular e Canto e Técnica Vocal almejando marcar posição como artista do segmento Gospel. Organizada e metódica, cobra muito de si mesma.

Por conta desta sua característica, a Rute voltou a encarar outra canção dificílima da mesma Daniela Araújo, desta vez na mais recente Audinter de Outono. Triunfou mais uma vez cantando Guia-me. O maestro e arranjador  Natanael Pedro produziu a transcrição e adaptação livres para a orquestral virtual, executando ao vivo a parte do violão, que alternou entre a redução do piano e o translado dos desenhos da guitarra, além das criações. A Rute sentiu o nervosismo e acha que isto comprometeu a sua performance diante da responsabilidade. Contudo, o que o público realmente viu, foi uma ótima performance em que a cantora executou com êxito, algumas das partes mais difíceis, que foram trabalhadas em aula.